poetrix






Vira-latas

Revirando o lixo,
menos que um bicho
é um menino.
(Argemiro Garcia - à Marilda e Bandeira)

corpus christie

Na vernissage do Alexandre Linhares, (http://www.alexandrelinhares.com/exposicoes/mvm/) não teve como não se impressionar com o imenso crucifixo coberto de hóstias formando a imagem de Cristo. Aqui, uma foto dessa obra e um poema meu. Até parece que foram feitos um para o outro... rs


corpus christie

Teu corpo, não dispo:
visto.
Tua cruz, não ergo:
vergo.
Teu pecado, não absolvo:
absorvo.
Tuas chagas, não vi:
cri.
Teu cio, não sacio:
cedo-me.

E por te amar,
não te toco,
abstenho-me.


Não te traio,
abstraio-te.

Cubro teu falo
e me calo
cúmplice.

Partidos

Para Elza e outros amigos candidatos espalhados pelos vários partidos politicos


Era um elo,
quebrou-se.
Ele foi-se
eu martelo.
Eramos só dois
unidos.
Hoje somos tantos
partidos.

Mil vezes maldita

Parem!
Eu, pecadora, confesso: Sou reincidente no amor.
Mas não mereço a pena.
Careço é de pena, Meritíssimo!
Cristo disse: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.
Ingenuamente, acreditei.
O Alexandre disse que este meu poeminha aí, inspirou-o nessa série que mostra "A arte maldita, a sociedade maldita, a hipocrisia maldita, o desespero maldito e a crença na fé e no amor". http://www.alexandrelinhares.com/mvm/artista.htm
Sinto-me honrada e morta de curiosidade para ver o resultado. Estarei lá, sim, Alexandre. E claro que vou recitar.

Lidando



Daqui,
Dali,
na lida
não li
nada

releitura do W.Abreu:

naaridalidadavidadanadaquelequenada

com


Encontrei a palavra com na lata do lixo.
Suja, rasgada, desbotada.
Perdida da frase, perdeu o sentido.
Com pena, embrulhei-a com um poema.
Mas, prolixa que sou,
asfixiei-a.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...