Poetrix


Dizem que hoje é dia da mulher. Recebi vários poemas e agradeço. Mas o estranho é que a maioria dos textos que recebi, tem como tema a metamorfose. E por coincidência, alguns dias atrás postei um poetrix na internet que falava sobre borboletas. Virou uma avalanche, uma bela ciranda de poetrix. Ficou muito bonita essa coletânea. Vejam:

BORBOLETÁRIO
(Marilda Confortin)


Bateram asas, as palavras.
Crisálida vazia.
Hora de chocar larvas.

************************

CRISÁLIDA
(Andra Valladares)

Doente de amor,
morro lagarta,
renasço borboleta...

**************************

LATENTE
(Regina Lyra)

busco mistério
na extinta casca.
Renovo-me em jardins e praças.

***************************

metamorfose
lílian maial

toquei-te flor
e tuas pétalas
bateram asas

***************************

atração irresistível


pétalas adejam
tremor sutil
lagartas vicejam

*****************************

JARDIM
lílian maial

a borboleta chora
brotam margaridas
onde a lágrima aflora

******************************

metamorfose de palavras
(Hércio Afonso)

nem cálice nem galheta
meus drinques
na sua borboleta

*******************************

Cataclisma
Pedro Cardoso (DF)

o perfume
das pétalas da borboleta
ficou impregnado nas dobras do lençol

**********************************

brincando de borboletar
Hércio Afonso

eu bato asas
ela, crisálida,
sorria primavera

**********************************

Grisalho
(déa)

antes da metamorfose
com a tua lagarta
quero borboletear

**********************************

jardinagem
Jucineia Gonçalves

cultivar orquídeas
seus beijos,
de borboleta

***********************************

Borboleteando

a borboleta abriu as asas
como um raio
mergulhei profundamente

Pedro Cardoso (DF)

****************************

enfim sós

na crisálida vazia
abrigo morno
pra minha poesia

zeh

******************************

CECÍLIA MEIRELES
(Andra Valladares)

Borboleta eterna,
em suas asas,
vôo poético.

******************************

contente
zeh

tua borboleta
minha lagarta
capeta

********************************

E o tempo levou...
Hércio Afonso

foram larvas, latentes
crisalidaram-se até que:
- crepúsculo de borboletas

*********************************

CRISÁLIDE
(Kathleen Lessa)

Longa metamorfose,
Atraso o parto mas saio.
Em nácar borboleteio.

***********************************

ERRO DO CRIADOR!?
(Oswaldo Martins)

Borboleta da largata...
Quantas cores! Que beleza!
Homens? - Servem para a guerra!...

*************************************

Timidez
Jucineia Gonçalves

fora do casulo
batem asas,
meu sorriso e as palavras

*************************************

Borboleta
(Eliana Mora)

minha saudade é assim:
vai contigo pelo mundo
leva na asa_ um jardim.

*************************************

Taturana
déa

queima, é verdade;
mas, com prazer,
ungüenta.

*************************************

A Taturana (ou Mandruvá) veio me visitar.
(Lincoln T.)

Ela me informou
que nossa flor
desabrochou
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...