Carta à amiga

Que beleza essa música de Francis Hime sobre uma letra de  Simone Guimarães



Falando em cartas... essa escrevi há muito tempo, a uma amiga portuguesa

Estio

Perdoe a falta de assunto,
de acento
e os erros de Portugal.

Talvez eu esteja assim
por ser outono ou nada,
por não ser uma coisa
nem ostra,
apenas um hoje qualquer,
sem promessa de amanhã.

Talvez só me faltem humos,
humor, rumos, amor.

Ou quiçá essa falta de assunto
seja o estio que antecede
outra safra de cios,
Sinto tanto frio...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...