Retrato na parede - de Tonicato Miranda


de Toncao Miranda, para Tonicato Miranda
poderia ir à selva; à relva; à trégua; a léguas de vidas
mar adentro, céu afora, aos píncaros, ao subterrâneo
fugindo poderia lampiar o caminho com despedidas
mas pra quê se a saudade dói, se há um tango sincero
pendurado no ouvido, deixando-me louco, instantâneo
vou ficando por aqui, reforçando o solitário e triste elo
lambendo qual cachorro guapeca as próprias feridas
vou ficando por aqui, a cara mais face do que crânio
no retrato da parede, sou narciso re-inventando o belo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...