EX-CRAVO, ESCREVO


A musa quando me usa
Me ativa como cativo,
Um serviçal obtuso,

Um apaixonado de ofício.
Eu me doo todo por ela,
A bela que me escraviza.
Eu me doo todo à ela,
Tentando mostrar serviço.
Mas sei que sempre me esnoba

E me rouba a alma e o viço.

Me deixa pedindo esmolas,
Me imola num sacrifício...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...