Dolorosa lembrança

Pensar em você
é me saber vinho
lembrando tempos de uva
esmagada sob seus pés.

É me saber trigo,
pressentindo o calor do forno
queimando-me pão.

É me sentir homem,
segurando o gozo,
temeroso do retorno ao útero.

É conter o orgasmo,
prevendo a dor do aborto.

Pensar em você
é sentir um vazio imensurável
como se Deus, por um momento,
duvidasse de sua própria existência.

(marilda confortin)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...